janeiro 01, 2013

Antonio Miranda e Maria Abadia Silva

supertições preenchem o primeiro dia do ano. na minha infância, meus familiares acreditavam que para o ano ser bom, a primeira visita devia ser uma criança, ou uma pessoa jovem. uma sociedade recém saída da escravidão, que acreditava que o ano seria coberto de malefícios se, no primeiro dia do ano, a primeira visita fosse negra ou um velha. e pior se fosse um negro velho.
independente de não acreditar em supertições - e muito menos nas de minha infância - a minha primeira visita foi a minha neta Maria Clara.
e para para engalanar a minha tarde, recebi os poetas Maria Abadia Silva e Antonio Miranda. onde está Antonio Miranda está há trabalho. eu e Maria Abadia Silva concedemos entrevistas para que ele inclua os vídeos em sua página. abordei a trajetória do poeta José Godoy Garcia e Maria Abadia falou sobre a importância da poesia em sua vida. curioso é que o conceito de poesia como salvação da vida pessoal perpassa pelas nossas formações. enfim, uma tarde gloriosa, que, sem superstição, projetq um ano glorioso para a minha vida, pleno de poesia e amizade.

Nenhum comentário: