Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

luê

não sou crítico de música mas é um desperdício não divulgarmos um novo talento
a paraense Luê é um desses casos
seu disco Ponto de Mira traz canções leves bem mixadas numa voz constantemente melodiosa e com o diferenciado das composições que não se embrenham pelo escatológico primando por poeticidade convincente
a voz enfim de Luê é sensual e clara
com muito prazer pela audição eu a cumprimento e desejo acesso ao sucesso e vida longa em muitos outros trabalhos exitosos
Virão enfiar o dedo
estatelar o olho
Em época de muro
eu prefiro ser um furo

Senta-
se a cavalo
o moleque
e bate em cadência
o calcanhar no
olho do muro

A lagartixa
a botar ovos
Nascem lagartixinhas
de um furo

Para os ninhos
pássaros juntam cisco
Mais uns furos
e o muro corre risco