Pular para o conteúdo principal
Para o Lítero, de Selmo Vasconcellos:

"Numa biblioteca estão todas as paixões e vitórias humanas. A cidade que não tem uma biblioteca deixa seus habitantes com menos possibilidades de ampliar suas paixões e suas vitórias, pois a leitura amplia a força imaginária, a resistência para a vida. A cidade que tem uma biblioteca está ao lado de todas as cidades do mundo. Ai! numa biblioteca nenhum homem está solitário!"

Comentários

nosbor.araujo disse…
Robson:
5/07/2008
o nome da obra



WAGNER BARJA
AKD-MICO

(1986)

Roland Campos, em seus "Instantâneos da poesia visual brasileira" faz uma leitura de AKD-MICO, que ele considera um poema-rébus perfeito, uma instalação que critica ferinamente o establishment artístico ao colocar, atrás de um vidro, bananas formando as letras AKD e, junto a elas, um mico que as devora e desorganiza, deformando o modelo estabelecido. E Sarja ri do próprio incômodo que cria, ao colocar atrás de outro vidro, um segundo mico, comendo por sua vez as banana-letras POLE, carnavalizando a própria polêmica ao criar esta obranome que filia Barja "à estirpe da poesia visual em que a carga e significados é aportada por meio de um conluio do verbal com o não-verbal. No caso, com acréscimos de ironia". ÁLVARO FALEIROS

A concretude (e a efemeridade) das letras:

A idéia de "comer" idéias nos pertence desde que, no início do século XX, metaforizou-se o costume nativo da antropofagia, à época do descobrimento do novo mundo: comemos gente, comemos cu
Robson disse…
< >
Link patrocinadoInglês em Los Angeles EUA - www.languagesystems.com - Preços Acessíveis, Visto de estudante, Nós falamos Português
« Voltar para Caixa de entradaArquivarDenunciar spamExcluirMais ações... Marcar como não lida Marcar com estrela--------Aplicar marcador: Novo marcador...‹ Próximas 2 de 11 Anteriores ›
A lógica da Franga Encurralada Caixa de entrada
Responder
Responder a todos
Encaminhar
Imprimir
Adicionar Marcelo à lista de contatos
Excluir esta mensagem
Denunciar phishing
Mostrar original
Texto de mensagem truncado?
Marcelo Mirisola para P, Ana, Bruno, Clarah, ivana, luiz, luminis, celso, denise, mim, Marcelo, antenore, Vendas, Greg, paulo, pedro, astier, walter, Nirlando, rimenna, Reynaldo, Alfred, larissa, Luciana
mostrar detalhes 07:41 (5 horas atrás)

Caros,

Já está no ar "A lógica da Franga Encurralada"

No www.congressoemfoco.com.br

Abraços,
M.M


--------------------------------------------------------------------------------
Abra sua conta no Yahoo! Mail, o único sem limite de espaço para armazenamento!



Responder Responder a todos Encaminhar Convidar Marcelo para o Gmail





Responder
Responder a todos
Encaminhar
Imprimir
Adicionar Robson à lista de contatos
Excluir esta mensagem
Denunciar phishing
Mostrar original
Texto de mensagem truncado?
Robson Araújo para Marcelo
mostrar detalhes 10:24 (2½ horas atrás)

5/19/2008
sem saia
São comuníssimos os erros com o verbo fechar, por isto abro onde alguns abrem, com o verbo enxergar: enxergo agora onde quero chegar, irregular dar, assim como os verbos regulares( aqueles que regulam o que escrevo) agrafo pena.
Novamente revisto atualizado aumentado pela introdução de signos de tecnologia recente registro os vocábulos usados em Brasília e arredores com um breve estudo da origem e evolução da língua dos outros e vai também a pronúncia normal dos daqui: a pauta certa para o sucesso, museu vivo da memória candanga, estagiária oficial, palmas, aquele mundo descampinado que se avista da vargem, fim de mundo a lei e a ordem não tem caminho certo, desculpe não dá para acreditar. Mentira. Ainda tem coragem de andar empurrando canoa por essas lagoas e rios?
Enrodilhou o pano grande no bambu: o que é português brasiliense? - É muito comum ouvir dizer a língua de uma comunidade é um código que serve como um veículo para o envio e a recepção de informações entre seus membros, do mesmo modo podemos perguntar: como se deu a evolução do ensino e da arte, quais foram suas influências de ordem estética, pedagógica e filosófica, e as metodologias utilizadas durante estes 48 anos? _ SEBINHO_ Admiro e compreendo os grandes artistas, sobre eles entendo muitas coisas fundamentais, por exemplo: eles são sempre homens bem além da preocupação estética, consideram seus ofícios ferramentas duplamente adequadas, tanto para cavar nas infinitas reservas do conhecimento quanto para materializar suas descobertas em obras palpáveis...técnica de redação saber escrever bem preciso os manuais reunidos oferecem a instrumentação necessária ao trabalho intelectual, quando decoramos mecanicamente regras e conceitos, como se faz frequentemente nos cursos daqui, tudo aquilo que deu tanto trabalho para memorizar á força é esquecido imediatamente após a prova. comparei a impressão que eles me deixam com o som de boa música quando chega aos nossos ouvidos, com os silêncios necessários...
Quando existe obra, o resto é pura falação!

Postado por Robson

Postagens mais visitadas deste blog

SAUDAÇÕES AO ROMANCE DE WIL PRADO

Wil Prado é uma de minhas amizades mais firmes desde que cheguei a Brasília. Desde nossos passos iniciais na literatura, foram vívidos debates e percursos juntos pela cidade. Por muros vários que atravessam a nossa vida, Wil Prado demorou a publicar seu primeiro livro. E é com alegria que vejo que figuras importantes da literatura brasileira, de cara, se manifestarem favoravelmente ao seu romance SOB AS SOMBRAS da Agonia, editado pela Chiado, de Portugal, do qual foi leitor desde as primeiras versões até o momento de escrever a apresentação. Acredito que são poucos que merecem uma manifestação eufórica de Raduan Nassar.  E, ainda, de João Almino, que acaba de ser eleito para a Academia Brasileira de Letras.
(...) SOB AS SOMBRAS DA AGONIA me tocou sobretudo pela linguagem, por palavras novas, metáforas bem sacadas, e os empurrões articulando o entrecho. Além disso, o romance arrola no geral gente do povo, ao lado de uns poucos salafras da elite, com caracterizações convincentes, inclusi…

Resenha sobre o filme "300"

Por Ana Paula Condessa

Todo filme tem seus méritos, seus pontos fortes, mas também tem furos e contradições. O filme 300, já em exibição, surgiu da história em quadrinhos “Os 300 de esparta” - criada e desenvolvida por Frank Miller. É impressionante a grandeza da produção do filme que chega a representação, com muita propriedade, por retratar a batalha que enfrenta o rei Leônidas -,os soldados espartanos, seus aliados contra o exército persa de Xerxes, na Batalha das Termópilas -, desfiladeiro da Grécia. Esparta - é uma sociedade que é toda voltada para a arte da guerra e todos os indivíduos, que dela fazem parte, são instruídos para tal. No filme é passado muito do que era Esparta e seu contexto, algo de muito valor para compreender a essência da Batalha das Termópilas - . A guerra é o meio de vida dos espartanos e, antes mesmo desta grande batalha que ficou para a história e, cujos métodos e estrutura de guerra foram usados por muitos anos em batalhas posteriores, eles moldaram um im…