dezembro 29, 2013

De Ronaldo Mousinho:

Cogito, de nossa autoria, saúda o experimento do clone: 

Viver é constatar em esplendor,
É vislumbrar o impossível no potencial possível
Ser humano é ser Deus em juventude,
É cogitar mistério ante o existir,
É transição, arrebatamento,
Ascensão cosmológica ou niílica prostração ante a falibilidade.
Que somos?
Fagulha anímica, átomo eterno,
Ou mero vivente transitório?
Morte, até qdo. serás mistério?
Trajetória estimulada por contínua busca do "onde, para onde"
Mistério q. se eterniza em vida onde navegamos à deriva
Cogitando.

Nenhum comentário: