Agradeço ao Antonio Miranda (E) o convite e a hospitalidade,
e ao poeta Sérgio Muylaert (D), amigo que andava muito sumido,
a interferência opotuníssima.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha sobre o filme "300"

ULISSES, de Tennyson