abril 06, 2012

Amos Gitai

Sexta-feira da Paixão totalmente desnorteada, não de preguiça, mas de falta de objetividade. Nem busquei meu Judas para malhar. Se nascer sol, será sol. Se faltar ovos, será alimentação de tempos de guerra. No desarranjo, assisti o filme "Aproximação", do cineasta israelense Amos Gitai, que amo. Acaba de ser lançado em DVD. Com Binoche e participação de Barbara Hendricks. Só a cena inicial já ressalta a necessidade de aproximação entre as etnias, mostra a falta de nacionalidade. E para que a nacionalidade se o homem é homem em toda parte, se ele se organiza e se desorganiza em qualquer território? O sol nasce e se apaga em todos os horizontes. Basta deixarmos nossa tinta na pele de um outro.

Nenhum comentário: