Quatro aforismos a partir de um diálogo com Lejânia Bello:
*****
A folha verde é o viço da esperança, e no entanto ela seca.
******
É melhor chover no molhado do que viver na secura.
******
É melhor acertar com os radicais que errar com os maleáveis!
*******
Só dois escritores me deixam no buraco:
Cioram e Schopenhauer!
Mas se não entramos no buraco
nunca saberemos como é a saída!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha sobre o filme "300"

ULISSES, de Tennyson