Pular para o conteúdo principal

Diálogo no MSN com a amiga Ana Paula Condessa

20/07/2010 19:41:51 Ana Paula oi
20/07/2010 19:42:26 Salomão Sousa e ai, em bh, garota, muita paz?
20/07/2010 19:42:39 Ana Paula sim, tranq
20/07/2010 19:42:41 Ana Paula e vc?
20/07/2010 19:43:04 Salomão Sousa aki de ferias, só na preguiça
20/07/2010 19:43:22 Salomão Sousa sem destino, como no filme antigo
20/07/2010 19:43:43 Ana Paula kkk
20/07/2010 19:43:47 Ana Paula delicia heim
20/07/2010 19:44:10 Salomão Sousa mas assisti o Tarantino, que bate o "Sem destino" na velocidade e na vingamnça
20/07/2010 19:44:44 Salomão Sousa À prova de morte
20/07/2010 19:45:27 Salomão Sousa conseguiu fazer um filme para crititicar os efeitos especiais de computador
20/07/2010 19:45:48 Salomão Sousa zomba do computador, pois faz cinema nó no braço mesmo
20/07/2010 19:46:11 Salomão Sousa * só
20/07/2010 19:46:24 Ana Paula super fino
20/07/2010 19:46:37 Ana Paula mas o Tarantino as vezes exagera muito
20/07/2010 19:47:20 Salomão Sousa neste ele exagerou que vai zerar muita coisa: efeitos de corrida de carro e de vingança
20/07/2010 19:47:55 Salomão Sousa e a tranquilidade com que se deve produzir um diálogo: nascer tudo de praticamente nada
20/07/2010 19:48:41 Salomão Sousa assim como em "O segredo de seus olhos", oscar argentino, que também bate na vingança e na sutileza do diálogo
20/07/2010 19:49:44 Salomão Sousa foi à Bienal do livro, aí em BH?
20/07/2010 19:53:22 Ana Paula fui nao
20/07/2010 19:53:27 Ana Paula estive viajando
20/07/2010 19:54:22 Ana Paula depois do que contou vou ver o filme
20/07/2010 19:54:53 Ana Paula poeta, um maldito passaro acertou minha cabeça...vou ali tomar 1 banho, vai estar por aqui?
20/07/2010 19:55:01 Salomão Sousa e viu o filme argentino? só agora eu vi
20/07/2010 19:55:23 Ana Paula vi nao
20/07/2010 19:55:27 Ana Paula voce gostou?
20/07/2010 19:55:51 Salomão Sousa excelente
20/07/2010 19:56:18 Salomão Sousa nem sei se já está nas locadoras, pois no comércio ainda naun
20/07/2010 19:56:22 Ana Paula vou assistir entao o mais breve
20/07/2010 20:06:39 Salomão Sousa agora, as leituras, estou em total desânimo
20/07/2010 20:06:54 Salomão Sousa todas que começo parece que são um labirinto
20/07/2010 20:07:01 Salomão Sousa não consigo entrar
20/07/2010 20:07:14 Salomão Sousa ainda bem que asism fica mais fácil sair
20/07/2010 20:10:31 Ana Paula hahaha, estou me sentindo um pouco assim com a minha vida
20/07/2010 20:11:24 Salomão Sousa acho que essa conversa vai parar no blog
20/07/2010 20:11:38 Salomão Sousa pois nem para postagens em blog em estou servindo
20/07/2010 20:11:55 Salomão Sousa e a conversa já está pronta, nascida assim do trivial
20/07/2010 20:16:04 Salomão Sousa vc permite?
20/07/2010 20:16:31 Salomão Sousa uma sugestão de filme: Dersu Usala, do velho e charmoso Kurisawa
20/07/2010 20:16:40 Salomão Sousa se ainda não tiver assistido
20/07/2010 20:16:44 Salomão Sousa sobre a anizade
20/07/2010 20:18:47 Ana Paula ok
20/07/2010 20:19:30 Salomão Sousa *amizade
20/07/2010 20:20:52 Salomão Sousa para ir pro blog: como está o ambiente cultural de BH?
20/07/2010 20:21:51 Salomão Sousa em Brasília, aí os cinemas estão em crise: quando a gente vai ver, só tem pouco mais de dez filmes em cartaz.
20/07/2010 20:22:08 Salomão Sousa um memso título ocupa a maioria das salas
20/07/2010 20:22:10 Ana Paula aqui so filme comercial praticamente
20/07/2010 20:29:49 Ana Paula tem alguns cinemas com filmes nao comerciais
20/07/2010 20:30:13 Ana Paula mas muitos fecharam tambem e nao tem horario sempre pra ver os filmes
20/07/2010 20:31:13 Salomão Sousa acredito que os cinemas precisavam intercalar, de vez em quando, um filme clássico, histórico
20/07/2010 20:31:46 Salomão Sousa o cinema está perdendo, nas salas, a sua antropologia histórica
20/07/2010 20:37:57 Ana Paula tambem concordo
20/07/2010 20:39:23 Salomão Sousa a televisão não resolve essa questão, pois o cinema tem um glamour quando as pessoas se ombreiam numa sala
20/07/2010 20:39:50 Salomão Sousa o som é outra, a interpretação é outra, sem falar na luz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha sobre o filme "300"

Por Ana Paula Condessa

Todo filme tem seus méritos, seus pontos fortes, mas também tem furos e contradições. O filme 300, já em exibição, surgiu da história em quadrinhos “Os 300 de esparta” - criada e desenvolvida por Frank Miller. É impressionante a grandeza da produção do filme que chega a representação, com muita propriedade, por retratar a batalha que enfrenta o rei Leônidas -,os soldados espartanos, seus aliados contra o exército persa de Xerxes, na Batalha das Termópilas -, desfiladeiro da Grécia. Esparta - é uma sociedade que é toda voltada para a arte da guerra e todos os indivíduos, que dela fazem parte, são instruídos para tal. No filme é passado muito do que era Esparta e seu contexto, algo de muito valor para compreender a essência da Batalha das Termópilas - . A guerra é o meio de vida dos espartanos e, antes mesmo desta grande batalha que ficou para a história e, cujos métodos e estrutura de guerra foram usados por muitos anos em batalhas posteriores, eles moldaram um im…

ULISSES, de Tennyson

Depois que li esse poema toda minha concepção de poesia foi alterado. Não me satisfez a tradução que aparece no livro de Harold Bloom, Como e por que ler os clássicos, pois, para respeitar a métrica, acabaram cortando parte do enunciado - e isso refletiu na perda da dramaticidade. Fiz a minha adaptação livre a partir do espanhol. Auuuuuuau!!!!! Há uma tradução de Haroldo de Campos que saiu numa edição do Mais!


Fútil o ganho para um rei nada útil,
na calma do lar, à beira de penhas áridas,
unido a uma idosa esposa, a impor e dispor
iníquas leis a uma raça selvagem
que come, e amealha, e dorme, e de mim nem sabe.
A mim não resta senão viajar: beberei
a vida até o fundo. Sempre desfrutei
da fartura, e com fartura sofri, junto àqueles
que me amavam com amor ímpar; e, em terra,
arrastado pela corrente, as chuvosas Híades
agitavam o lúgubre mar: ganhei nome:
para sempre vagando com coração ávido,
vi, possuí, e muito conheci; cidades de homens
e costumes, climas, conselhos, governos,
nunca com desprezo, ma…