outubro 18, 2010

Tropa de elite 2

Como a sociedade brasileira exige uma vingança rápida, uma aprendizagem rápida, é aceitável o excesso de informações e de narração do filme "Tropa de elite 2". Quando o problema social é urgente, a metáfora pode ficar para depois. E me pergunto: coincidência ou Mário Vargas Llosa viu o filme para declarar à Veja que "a esquerda" atrapalha na solução de problemas locais (Rio de Janeiro/política brasileira) e internacionais (Cuba)?

Nenhum comentário: