Lista com sugestões de leitura preparada junto Alaor Barbosa e Napoleão Valadares

Durante a viagem de volta de Bom Despacho, eu e Napoleão Valadares e Alaor Barbosa elaboramos uma relação de livros que sirvam de formação de leitores entre 10 e 15 anos. Tentamos a elaboração de outras listas, mas o debate da obras de Guimarães Rosa, Bernardo Élis e José Godoy Garcia acabou se sobrepondo aos demais assuntos.

Quanto à lista de livros para a formação do gosto pela leitura, o Alaor deu preferência a quatro livros de Monteiro Lobato: Reinações de Narizinho, Chave do Tamanho, O Saci e A Caçada de Pedrinho.
Os demais livros de nossa lista: Encontro marcado, de Fernando Sabino; O braço direito, de Marcos Rey; A Ateneu, de Raul Pompéia; Meu pé de laranja lima, de José Mauro de Vasconcelos; O cego de Ipanema, de Paulo Mendes Campos; Ai de ti, Copacabana!, de Rubem Braga; Menino de engenho, de José Lins do Rego; Iracema, de José de Alencar; A hora da estrela, de Clarice Lispector; Uma vida em segredo, de Autran Dourado; Introdução à poesia brasileira, que contém antologia organizada por Manuel Bandeira; e Quincas Berro D'Água, de Jorge Amado.

E montamos uma lista de livros de autores estrangeiros que contribuem para a formação do gosto pela leitura: O velho e o mar, de Hemingway; Os meninos da rua Paulo, de Ferenc Molnár, que tem edição nova pela Cosac e Naif; A comédia humana, de Saroyan (lamentável que a tradução dispon´vel existente esteja tão ruim, mas mesmo com a tradução e a revisão ruins, o livro não deixa de ser cativante); O visconde partido ao meio, de Italo Calvino; Viagem ao centro da terra, e A volta ao mundo em 80 dias, de Júlio Verne; As aventuras de Tom Sawyer, de Mark Twain; Amor de perdição, de Camilo Castelo Branco; A ilustre casa de Ramires, de Eça de Queiroz; O pequeno príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry; O menino do dedo verde, de Maurice Druon; a noveleta O capote, de Gogol, que contribuiu para a formação da literatura russa, clima, olha! perfeição; A mãe, de Gorki; e qualquer livro que tenha algum conto ou vários contos de Tchekov. Quem não leu um conto de Tchekhov vai morrer bem menor, bem menos humano. Só não lê quem não quer, pois a lista de livros apaixonantes é interminável.

Chegamos a completar a lista dos setes melhores atores do cinema nacional: Raul Cortez, Othon Bastos, Leonardo Villar, Carlos Vereza, Lima Duarte e Milton Ribeiro. Não conseguimos completar a lista das melhores atrizes.

Comentários

EU JA IA PEGAR O TCHECOV DA BÁRBARA,MAS DEPOIS DESTA VOU ESPERAR MAIS DEZ ANOS.LEREI?
EU JA IA PEGAR O TCHECOV DA BÁRBARA,MAS DEPOIS DESTA VOU ESPERAR MAIS DEZ ANOS.LEREI?
Kely disse…
Quero registrar aqui a imensa gratidão que tenho ao meu querido padrinho Salomão Sousa, que contribuiu e contribui para a minha aproximação com o universo da leitura. Não posso deixar de mencionar aqui, o modo especial e o quão pricioso é a cada ida a sua casa e sempre saio com um livro em mãos.
Um grande beijo, Jacqueline.

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha sobre o filme "300"

ULISSES, de Tennyson